Publicidad

Copom aumentará TR provavelmente em janeiro

O Banco Central do Brasil manterá inalterada a taxa básica de juros Selic em sua reunião de política este mês, mas começará a subir em janeiro de 2011.

O reajuste no próximo ano seria de 2 pontos percentuais, a fim de conter as expectativas de inflação, que estão cada vez mais distanciadas do centro da meta de 2011.

Das 20 instituições pesquisadas, 19 esperam que a taxa Selic seja mantida em 10,75 por cento ao ano após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central em 07 e 08 de dezembro.

Um dos analistas previu um aumento de 0,25 pontos percentuais.

"(O Copom) mantém uma estratégia que espera que as informações para ver quanto será o impacto de taxas de juros feitas em 2010 sobre a economia", disse Roberto Padovani, estrategista-chefe do WestLB Brasil.

Analistas também citaram incertezas externas para o Banco Central que ainda não fez nenhum movimento.

Mas, com previsões de inflação continuamente crescente do mercado e nas atuais expectativas de preços, os analistas acreditam que o banco central terá que reagir mais cedo do que se pensava anteriormente.

A pesquisa mostrou que dos 14 economistas que deram suas projeções para 2011, cinco acreditam que a taxa Selic permanecerá em 10,75 por cento ao ano até o final do ano, enquanto nove estão esperando um aumento.

"Os números da inflação estão constantemente na meta central. Quando se ultrapassa a meta, é um aviso e agora continua a aumentar, dado um sinal (necessidade de) ação", disse Alex Agostini, economista-chefe da Austin Rating.

Publicidad