Publicidad

Mercado eleva projeção de inflação e mantêm a da Selic

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

A projeção dos analistas do mercado financeiro para o desempenho da economia brasileira em 2011 foi mantida em relação à última semana. De acordo com o boletim Focus, divulgado hoje pelo Banco Central (BC), a estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano permaneceu em 4,00%. Há quatro semanas, a expectativa de crescimento era de 4,29%. Para 2012, a previsão de expansão também ficou estável, em 4,30%.

Na mesma base, aposta para a Selic em 2011 permaneceu a mesma da última semana, de 12,25%. Para 2012 a taxa também seguiu inalterada, aos 11,25%, pela sétima medição. Por sua vez, a estimativa de inflação (IPCA) subiu de 6,00%, para 6,02%, assim como para 2012, que cresceu de 4,91% para 5,00%.

A expectativa para o crescimento da produção industrial em 2011 avançou, de 4,00% para 4,08%. Já para 2012, a taxa também caiu, de 4,70% para 4,65%. A projeção para a taxa de câmbio em 2011 foi finalizada em R$ 1,70, inalterada em relação à semana anterior, assim como para 2012, como taxa de R$ 1,75, pela terceira semana.

A aposta para o saldo da balança comercial no ano corrente cresceu de US$ 15,50 bilhões para US$ 16,10 bilhões. E para 2012, atingiu US$ 10,00 bilhões, contra US$ 9,00 bilhões na semana anterior.

Para as transações correntes, (todas as operações do Brasil com o exterior) a projeção de déficit recuou de US$ 63,20 bilhões para US$ 62,45 bilhões. Para o próximo ano, a previsão apresentou decréscimo, de US$ 70,00 bilhões para US$ 69,50 bilhões.

Já a projeção para o Investimento Estrangeiro Direto (IED) de 2011 (caracterizado pelo interesse duradouro do investimento na economia) permaneceu em US$ 44,00 bilhões, mesmo valor observado na semana anterior. Para o próximo ano, a previsão caiu de US$ 44,00 bilhões para US$ 43,85 bilhões.

Publicidad