Publicidad

Os contratos de Depósito Interfinanceiro estáveis, mais ainda divididos sobre Selic

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

O Focus mostrou nesta manhã que a previsão de inflação pelo IPCA deste ano subiu de 6 por cento na semana passada para 6,02 por cento. As projeções de juros operavam perto da estabilidade nesta segunda-feira, com um mercado dividido sobre o próximo movimento na Selic analisando a pesquisa Focus e o Relatório de Inflação da semana passada.

Às 10h14, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) janeiro de 2012 projetava 12,14 por cento, contra 12,15 por cento no ajuste da sexta-feira. O DI janeiro de 2013 estava em 12,63 por cento, ante 12,64 por cento.

O Focus mostrou nesta manhã que a previsão de inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano subiu de 6 por cento na semana passada para 6,02 por cento, enquanto a de 2012 aumentou de 4,91 para 5 por cento. A projeção para a inflação nos próximos 12 meses caiu para 5,35 por cento, comparado a 5,45 por cento.

Na semana passada, o Banco Central disse no Relatório de Inflação que a convergência dos preços para a meta deve ser suave e que irá trabalhar para que isso ocorra em 2012.

O documento reafirmou a expectativa da maioria dos analistas de que a alta da Selic deverá ser moderada neste ano.

No mercado futuro, o mercado continua dividido sobre o que acontecerá na reunião de abril do Comitê de Política Monetária (Copom), mas passou de tendência para 0,50 ponto antes do relatório para 0,25 ponto agora. O Santander chegou inclusive a mudar, na semana passada, sua previsão para estabilidade, mas essa postura é minoria.

"O Relatório de Inflação mostrou um BC confiante na convergência da inflação ao centro da meta em 2012.. Sua aposta passa tanto pela efetividade das medidas macroprudenciais para conter a demanda como pela célere transmissão desta para a inflação", disse em nota a LCA Consultores.

"A eficácia dessas medidas é um fato: ainda que o BC não explicite suas próprias estimativas, avaliamos que as macroprudenciais tiveram impacto sobre o crédito equivalente a um aumento de 1,80 pontos percentual na Selic… Continuamos a projetar um aumento derradeiro de 0,50 ponto na reunião deste mês."

Publicidad