Publicidad

Presidente do Banco Central de Brasil continua no seu lugar

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

O presidente do Banco Central de Brasil, Henrique Meirelles, falou esta quinta feira que vai permanecer no cargo até o fim do seu mandado em vez de sair para disputar um cargo nas próximas eleições gerais de outubro, acabando com meses de especulações nesse sentido, e acalmando o mercado.

A continuação, alguns dados sobre o mandado de Meirelles na frente do Banco Central:

  • Meirelles, de 64 anos, e o presidente do Banco Central que mais tempo tem conservado o cargo, após assumi-lo em janeiro de 2003, bem no começo do primeiro mandado do presidente Lula.

  • Durante o mandado de Meirelles o Banco Central do Brasil obteve um grau de investimento de 240.000 milhões de dólares e reduz a taxa de juros referencial, Selic, ate seu mínimo nível histórico de 8,75%, desde um 26,5%.
  • Engenheiro e executivo de negócios, Meirelles foi um banqueiro de sucesso de Wall Street, foi presidente da Banca Global da Fleet Boston Financial em 1999.
  • Foi escolhido como deputado no Brasil em 2002 em representação do estado de Goiás, do qual e cidadão, pelo centrista Partido Da Social Democracia Brasileira (PSDB). Posteriormente abandonou o cargo para assumir a presidência do Banco Central.
  • Meirelles amplamente e considerado o responsável de ajudar ao Brasil a recuperar a confiança dos investidores na linha com as metas do governo.
  • Meirelles e seu rígido controle da inflação foram respaldados pelo primeiro ministro da Fazenda de Lula, Antonio Palocci, que defendia uma autonomia formal do Banco Central.

Mas o sucessor de Palocci, Guido Mantega, tem criticado frequentemente a política monetária do Banco Central, qualificando-a de rígida demais, a pesar de que a taxa de juros referencial, Selic, caiu para um dígito em julho de 2009 pela primeira vez desde sua criação.

  • Durante o mandado de Meirelles o Banco Central tomou medidas decisivas para ajudar o Brasil sair enfrente rapidamente da crise financeira global, incluindo uma enorme redução dos requisitos de compulsórios bancários após o colapso da empresa estadounidense Lehman Brothers.
  • Em setembro de 2009 se uniu ao centrista Partido Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), o maior da aliança de governo do Lula.

Analistas dizem que Meirelles poderia ter se candidatado para um lugar no Senado ou ser o candidata a vice-presidência na formula da candidata presidencial oficialista, Dilma Rousseff.

Publicidad